top of page

Conheça o trabalho missionário realizado pelos Gideões 24h em Angola

A Angola é um país da região da África Central. Apesar de ser rico em recursos naturais como o petróleo, a nação enfrenta uma série de problemas socioeconômicos e estruturais que se agravaram com a guerra civil, que durou de 1975 a 2002.


Os padrões de vida angolano são muito baixos para, pelo menos, cerca de 70% da população, que vive com menos de dois dólares por dia. Dados da organização das nações unidas mostram que angola é um dos países menos desenvolvidos do planeta e um dos mais corruptos do mundo. A nação tem uma das piores taxas de expectativa de vida e mortalidade infantil.

Em Benguela, no oeste da Angola, o pastor Luís de Oliveira implantou os Gideões Mirins, e Igrejas que deram início à Igreja Batista da Lagoinha. As primeiras Torres de Oração foram implantadas em setembro de 2017 e muitas delas estão em locais de difícil acesso.

O resultado de tanto trabalho são 8 Torres inauguradas e dois grupos mirins, totalizando 714 crianças evangelizadas.


Além do trabalho com a implantação dos Gideões Mirins e das Torres de Oração, na Angola, o pastor Luís viabilizou a construção de uma escola, para atender as crianças locais. Uma grande vitória para um pais que tem cerca de 22% das suas crianças fora da sala de aula.


Na angola, uma equipe de 5 pessoas, trabalhou na implantação dos Gideões Mirins, formando um exército de 300 crianças intercessoras, que querem mudar o local onde vivem, através da oração e da boa ação para o próximo. As crianças passaram por um treinamento intenso, crescendo físico, mental e espiritualmente.


Uma das Lagoinhas construídas na Angola fica em cima de uma montanha. Para participar dos cultos e celebrações, os angolanos precisam, caminhar por cerca de 6 horas. Um grande desafio que eles enfrentam com amor e fé. Para que a obra de Deus continue sendo feita em Angola, precisamos da sua ajuda. Seja você um mantenedor de missões. Ore, doe, contribua.


Doe pelo PIX: CNPJ 09.224.631/0001-69

Comments


bottom of page